De tudo um pouco

quarta-feira, fevereiro 16, 2005

Barroso criticado

A porta-voz de Durão Barroso foi hoje sujeita a um interrogatório cerrado da imprensa internacional sobre o possível desrespeito do dever de independência do presidente da Comissão Europeia. Em causa está a participação de Durão Barroso na campanha eleitoral do PSD para as próximas legislativas.Em resposta às muitas perguntas dos jornalistas, Françoise Le Bail limitou-se a esclarecer que José Manuel Durão Barroso «participou (no «spot» eleitoral do PSD) como cidadão e não como presidente da Comissão Europeia», disse durante a conferência de imprensa diária do Executivo comunitário, em Bruxelas.O líder do segundo maior agrupamento político, acusou Durão Barroso de «comprometer a sua independência» ao participar num tempo de antena do PSD para as legislativas de domingo. Schulz recordou que «o Tratado é absolutamente claro ao requerer aos comissários, com uma implicação especial para o presidente, que preservem a sua independência de actuação no interesse do conjunto da Europa». No seu entender, «a forma como Barroso tem actuado e a sua decisão de apoiar o seu partido na campanha mostram que o presidente da Comissão favorece o centro-direita». E acrescentou: «Claramente o seu partido deve estar ir por mau caminho, se o pressionaram para que empreste o seu peso para a campanha. O incidente mostra o estado lamentável em que Barroso deixou o seu partido quando decidiu mudar-se de Lisboa para Bruxelas».


Enfim..................
mais um apressadinho, que quis sair daqui fora do prazo.
Agora , que aguente com as críticas.